Ginecologista e Obstetrícia: Você sabe qual é a diferença entre elas?

Ginecologista e Obstetrícia: Você sabe qual é a diferença entre elas?

Ginecologia e Obstetrícia: Você sabe qual é a diferença entre elas?

A ginecologia cuida da saúde do sistema reprodutor feminino, geralmente desde a sua primeira menstruação. Já a obstetrícia cuida de tudo relacionado à gravidez, ao parto e ao pós-parto.

Quando o ginecologista é também um obstetra, aquele mesmo profissional de confiança da mulher cuidará também da sua gravidez, fará o parto e o acompanhamento do seu bebê, quando ela decidir engravidar. É muito melhor não ter que procurar outro médico, nesse momento lindo e delicado que é o de ter um bebê!

Ginecologia e Obstetrícia

Grávidas podem pintar e alisar os cabelos?

Ficar grávida não significa que você, de agora em diante, só tenha que se preocupar com a saúde do seu bebê. Você precisa também se preocupar com a sua própria saúde e porque não também continuar se sentindo bonita?

Estrias, varizes, celulites e manchas na pele, além daqueles quilos a mais, são algumas das coisas inevitáveis em uma gravidez, mas se você pretende fazer algo a respeito, deve saber o que é ou não é saudável nesse período tão delicado, tanto para você quanto para o seu bebê.

Dicas sobre o seu bebê

Pais de primeira viagem precisam de uma forcinha para saber como cuidar do bebê, mantendo-o saudável e bem-disposto, principalmente no primeiro mês de vida do bebê.

Se você teve o seu primeiro bebê, esteja preparado, porque você vai ouvir um monte de conselhos a respeito de como cuidar dele melhor. São conselhos geralmente bem-intencionados, mas que nem sempre ajudam e podem acabar causando transtornos.

Mas é preciso tomar muito cuidado com os palpites que vão surgir de todos os lados e que nem sempre são realmente saudáveis, tanto para o bebê quanto para a sua Mãe.

Tem gente, por exemplo, que acredita que pegar muito no bebê vai mimá-lo, assim como alimentá-lo sempre que ele pede. Acredite, nada disso vai mimá-lo. As necessidades do bebê são fisiológicas e você deve atende-las!

Então o que fazer?
Em primeiro lugar, consulte o mais rápido possível um Pediatra e não se esqueça do acompanhamento com o Ginecologista. Na dúvida, converse sempre com o seu médico. Não corra o risco de descuidar do seu bebê ao seguir um conselho mal informado!

 

Você sabe a melhor hora de consultar um Ginecologista?

Além das consultas periódicas, veja alguns dos momentos ideais para procurar esse profissional que cuida de uma área tão delicada do corpo das mulheres:

  • Após a primeira menstruação
  • Após a primeira relação sexual
  • Após a decisão de ter um filho
  • Entre os 40 e 50 anos, para mamografia
  • Se houver qualquer anomalia nas mamas
  • Se houver alteração na secreção vaginal
  • Se houver ardor e coceira na área vaginal
  • Se houver períodos menstruais irregulares

Lembre-se que a ida ao ginecologista nesses casos não elimina a necessidade da consulta regular. Cuide-se bem!

Você está tendo problemas de corrimento vaginal?

Pois saiba que você pode estar com uma dessas doenças a seguir:

  • Candidíase vaginal
  • Vaginose bacteriana
  • Tricomoníase

Apesar de terem esses nomes feios, não se assuste, pois são doenças bastante comuns para as mulheres. Todas elas apresentam o corrimento vaginal como sintoma e são doenças bem fáceis de se tratar.

Se você percebeu que está com corrimento vaginal, nada de ficar com vergonha, ou ficar adiando, consulte logo um ginecologista!

 

ivan

Sou formado em administração logística e pôs graduado em finanças. Sou editor e consultor de seguros e planos de saúde.

Deixe uma resposta